InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

  Killer Clown

Ir em baixo 
AutorMensagem
Winchester
Admin
Admin
avatar

Localização : Sky

Dados da Especie
Vida:
0/0  (0/0)
P.S:
0/0  (0/0)
Armamento:

MensagemAssunto: Killer Clown   Seg 11 Jul 2011 - 21:10

Citação :





Mais
uma lenda de Supernatural, essa em especial eu morro de medo, sabe como
é trauma de infância. Bom pelo menos não sou a única Sam Winchester
também morria de medo, o que fazia Dean zombar muito com ele usando o
Ronald Mc Donald.


Em supernatural o palhaço entra na casa
convidados por uma criança e depois destroça seus pais, some sem deixar
vestígios. Sam e Dean vão para o parque que está na cidade, o parque do
Sr. Cooper e conseguem um trabalho para investigar tudo mais de perto.
O
palhaço só se mostra para sãs crianças e ganham a confiança delas. Só
depois aparecem na residência dos pais. Sam e Dean vigiam a casa de uma
criança que viu o palhaço e conseguem vê-lo. Eles invadem a casa, mas, o
palhaço consegue fugir, porque as balas de sal não funcionam com contra
ele. Os irmãos acreditam lhe dar com um Rakshasa, uma antiga raça de
criaturas Hindu que aparecem em forma humana e se alimentam de
carne
humana, podem ficar invisíveis e só podem entrar em uma casa se forem
convidados. Um Rakshasa só pode ser morto com uma adaga de puro latão.




Na vida real a lenda do palhaço assassino é outra.

Por
Causa de uma série de reportagens intitulada “os Crimes que abalaram o
Mundo”. Foi falado do caso de um Palhaço norte americano (Jonh Wayne
Gacy) que na década de 70, (precisamente em 1972) assassinava crianças,
adolescentes e jovens. Ele realmente existiu e quando foi preso, no
porão de uma casa em Chicago, Illinois, foram encontrados os restos
mortais de vinte e nove pessoas entre nove e vinte e sete anos. Em 1988
Gacy foi condenado a 21penas de prisão perpétua e 12 condenações
capitais.




Por
conta desse caso nos anos 90, houve casos que assombraram São Paulo. Um
louco não se sabe bem quem usou a Hístoria do palhaço,em Osasco (SP)
estaria raptando crianças para matá-las e poder vender seus orgãos,aos
poucos a fama da lenda aumentou e a estória chegou em toda grande São
Paulo.Com tons veridicos e macabros, ele atacava em todo a região,e
tinha dois ajudantes, pegavam as crianças em uma Kombi azul, e só
atacava em escolas publicas.


Pessoas
juravam ter visto reportagem sobre o fato no então jornalístico
folhetinesco “AQUI AGORA”, e realmente o boato foi tão forte que o mesmo
jornal, que inicialmente tinha publicado a estória do verdadeiro
palhaço assassino, chegou a dar algumas capas para a “gangue do
Palhaço”, uma escola (nome desconhecido), em Mauá chegou a ser “atacada”
pelo Palhaço(Bom vai saber).


O
que diz a lenda Diz a lenda que uma van parava na frente da escola e um
palhaço descia e começava a fazer brincadeiras com as crianças que por
lá passavam, e ofereciam doces e brinquedos até que a criança sem poder
resistir entrava na van e nunca mais era vista.Ele e sua cúmplice
roubavam crianças e vendiam seus órgãos para o mercado negro, e assim
ganhavam muito dinheiro.


A
porta se abriu e saiu uma linda bailarina, toda vestida de branco. Uma
música começou a tocar e a mulher fez alguns passos bonitos que chamou a
atenção do garoto.
É claro que o delicioso algodão doce que ela segurava atraiu muito mais a atenção do menino.
O garoto abriu um largo sorriso e parou admirado diante da mulher
sorridente. Ela se abaixou e lhe ofereceu o doce. Ele aceitou na hora.
Afinal, era um menino, e meninos gostam de doces.
A música cessou abruptamente, mas ele nem percebeu. Estava ouvindo
admirado, a mulher dizer como ele era bonito, inteligente e
principalmente “saudável”. Ele não entendeu. Seu interesse era mesmo o
doce.
O motorista da Kombi saiu do veículo. Era um palhaço. Ele tinha outro algodão doce na mão.
“Este é para seu irmãozinho” – disse o palhaço forçando um sorriso.
O menino sentiu um calafrio percorrer seu corpo. Palhaços geralmente
eram criaturas engraçadas – pensava ele – mas havia algo estranho
naquele.
Era grandalhão, musculoso, meio estranho mesmo.
Tinha um aspecto sinistro, aterrador. O garoto teve a impressão de que a
criatura com a cara pintada olhava para todos os lados, como se
quisesse se certificar de que não havia mais ninguém por perto.
O menino se lembrou que fora advertido pela mãe, de nunca falar, e nem aceitar nada, de estranhos.
Mas, mesmo sendo um tanto assustador, aquele era só um palhaço. Tudo bem
que não era tão simpático quanto um Ronald Mcdonald , ou carismático
como o Bozo, mas ainda assim, era um inocente palhaço.”



Falam que é apenas uma Lenda Urbana, uma dessas histórias
sensacionalistas que permeiam o inconsciente coletivo de quem mora na
cidade grande.
A polícia já garantiu mais de uma vez que o palhaço assassino, definitivamente, não existe.


Mas
gente eu vivi nos dias em que isso estava acontecendo e posso dizer,
que acho que era verdade, eram muitas crianças encontradas mortas. Por
isso meu medo de Palhaço só aumentou, é logíco o fato de eu ver um filme
de palhaços assassinos aos 5 anos, e de um palhaço roubar meu pirulito
no circo ajudaram eu ficar assim.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://impala67.forumeiros.net
 
Killer Clown
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Sasuke FMS Vs Killer Bee
» A Little Killer
» Pq Killer Bee sempre apareçe usando akeles óculos escuros?
» Tobirama vs Killer Bee
» Gaara e Killer Bee poderiam entrar em modo bijuu(RM) como Naruto?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Lugares Especiais :: Biblioteca-
Ir para: